Homepage
Chat Papo Católico
Hospedagem de Sites
Sistema de Notícias
Loja Virtual
Rádios Católicas
Evangelhos Animados
Mural de Recados
Vela Virtual
Links e Parceiros
Cadastre-se
Fale Conosco
 
Receba novidades do catolicos em seu e-mail:
 
Notícias da Igreja Católica

Bispos da Venezuela reiteram que governo é responsável pela atual crise

Data: 12/07/2018

Caracas, 12 jul (ACI Prensa) - No final de sua 110ª. Assembleia Plenária em 11 de julho, a Conferência Episcopal Venezuelana (CEV) denunciou que a crise no país está piorando e que o governo é responsável por esta situação.

"A situação do país se torna cada vez mais séria. A maioria da população não tem como enfrentar a hiperinflação monstruosa. A qualidade de vida dos venezuelanos, extremamente precária, piora a cada dia", assinalaram os bispos em sua exortação intitulada "Não temais, eu estou contigo".

Os Bispos reiteraram que "o principal responsável pela crise que estamos vivendo é o governo nacional, por sobrepor o seu projeto político a qualquer outra consideração, inclusive humanitária; por suas políticas financeiras erradas" e por "colocar obstáculos no caminho das pessoas que estão dispostas a resolver algum aspecto do problema atual".

Nesse sentido, assinalaram que a atitude do Governo de apresentar-se "como vítima dos controles externos e internos" é "a confissão da própria incapacidade de administrar o país. Não se pode pretender resolver a situação de uma economia fracassada com medidas de emergência, como bolsas de comidas e bônus".

"Ignorar o povo, falar indevidamente em seu nome, reduzir esse conceito a uma visão política ou ideológica, são tentações próprias dos regimes totalitários, que sempre acabam desprezando a dignidade do ser humano", advertem.

Os bispos denunciaram que as eleições em 20 de maio só serviram para "prolongar o mandato" de Nicolas Maduro e que a altíssima abstenção "é uma mensagem silenciosa de rechaço, dirigida aos que procuram impor uma ideologia totalitária, contra a opinião da maioria da população".

Os bispos também incentivaram todos os esforços que ajudem a superar a crise. Entretanto, lamentaram que a emigração de milhares de venezuelanos os converta "em um país da diáspora".

Ao concluir, os prelados venezuelanos invocaram "novamente a intercessão materna da Santíssima Virgem Maria de Coromoto, para que Ela, com sua oração ante o seu Filho, nos ajudar a superar os males da situação atual".

Homepage
 
CATÓLICOS.COM.BR
falecom@catolicos.com.br
formulário de contato
visitantes online agora: 11